Month: September 2018

Flavio Maluf, Presidente Executivo do Grupo Eucatex

Flavio Maluf é formado pela Fundação Armando AlvaresPenteado, com especialização em engenharia mecânica. Ele também estudou na Universidade de Nova York, onde se formou em administração de empresas, e é aí que ele adquiriu suas habilidades de gestão e adotou uma abordagem modernizada de liderança.

 

Apesar de ter vindo de uma família rica, Flavio Maluf conseguiu chegar ao sucesso e construir seu próprio império. Ele nasceu em uma família rica e política. Seu pai é um político bem reputado e um homem rico. Flavio é atualmente o presidente da Grand Food e também herdou sua empresa familiar, assumindo o papel de liderança, desde 1997. Saiba mais sobre Flavio Maluf na InfoMoney

 

Flavio Maluf também atua como presidente executivo da Uecatex, que é uma empresa de processamento de madeira que usa eucalipto para fabricar chapas e folhas macias, que são usadas principalmente na indústria da construção. Flavio começou a trabalhar na empresa em 1987, onde ocupou vários cargos de liderança.

 

Ele trabalhou no departamento de mais tarde e mais tarde foi promovido para o departamento de mecânica e, finalmente, tornou-se o presidente, cortesia de suas grandes habilidades gerenciais e dedicação. Em 2010, sob sua gestão, a empresa iniciou uma outra empresa de produção localizada em Saltos, uma vez que visava aumentar o volume de sua produção.

 

A Eucatex Company produz principalmente verniz de madeira, tintas, divisórias de paredes e casas, portas, pisos, painéis, todos os tipos de plásticos e também isolamentos. Que são ambientes amigáveis, fáceis de usar e com ótimos preços.

 

A empresa está em operação há mais de 50 anos e vem exportando seus produtos para outros países, e conta com mais de 2.500 empregadores, o que faz com que tenha o maior número de empregadores no Brasil.

 

A empresa faturou R $ 318 milhões, gerando um lucro líquido de R $ 18,6 milhões, a partir de 2017. É realizada a aquisição da Botucatu, a Ducatex de São Paulo, que é uma fabricante popular de painéis de construção. As duas empresas concordaram em começar a compartilhar ativos em janeiro de 2018. Os ativos da Ducatex que foram adquiridos pela Eucatex valem R $ 60 milhões.

Automação de marketing para B2C

Ao fornecer conteúdo direcionado em pontos estratégicos na jornada de compras e analisar a resposta, a automação de marketing pode gerar, de maneira útil, vários pontos de dados que podem ser analisados ​​e executados.

As empresas de serviços financeiros enfrentam desafios que incluem novos concorrentes e atendem às demandas da geração do milênio. A automação pode apoiar o crescimento sem comprometer as relações pessoais nas quais essas empresas são construídas. Ele oferece escalabilidade e capacidade de segmentar para entregar mensagens direcionadas no melhor momento.

O marketing B2C envolve familiarizar o cliente com a marca e o conjunto de produtos de uma empresa e dar a eles uma razão atraente para comprar. A automação B2C suporta o processo de criação e automatiza o processo de vendas para que seja rápido e exija envolvimento mínimo ou nenhum envolvimento de uma equipe de vendas.

Embora a automação de marketing B2B tenha tudo a ver com ciclos de vendas longos, o marketing em um ambiente voltado para o consumidor tem tudo a ver com convencer compradores em potencial em um período de tempo muito mais curto.

A automação de marketing B2C também tem a ver com o rastreamento do comportamento do cliente em potencial para decidir uma estratégia de mensagens, mas a grande diferença está na duração das campanhas. Uma campanha do consumidor precisa ganhar o interesse do cliente muito rapidamente, com o caminho para o checkout mantido curto, simples, óbvio e atraente.

Isso não quer dizer que não há lugar para abordagens estratégicas de longo prazo para a base de clientes. Construir a fidelidade à marca e a confiança também é vital no B2C, assim como a educação de mercado. Mas eles assumem uma forma diferente da jornada multi-touchpoint do B2B, com seus requisitos mais profundos em termos de conhecimento do produto.

Os papéis e funções da automação e do CRM se sobrepõem e se complementam, e em muitos negócios os dois sistemas se combinam para manter um perfil consistente e detalhado de um indivíduo, desde o contato até o prospecto até o cliente.

De um modo geral, no entanto, a automação tende a se concentrar mais na automação de tarefas para gerar leads e nutrir leads, com a capacidade de fazer isso em escala significativa.

Os direitos de quem é demitido por justa causa

O temor por perder o emprego tem se tornado cada vez mais recorrente no Brasil, possivelmente pelo fato dos brasileiros estarem passando por um período de forte crise que tem desempregado uma série de profissionais do mercado de trabalho, e também promovido a contratação de pessoas ganhando cada vez menos, que aceitam não receber o valor justo, para que simplesmente tenham um mínimo possível para conseguir fechar o pagamento de suas contas no final do mês. Seguindo isso, caso ocorra a demissão de uma pessoa de seu posto de trabalho, é importante ter consciência do termo jurídico a qual as mesmas são amparadas e que são direitos que possuem legalmente, agora que elas não são mais parte integrante da corporação.

Nesse artigo será atentado apenas ao caso de a pessoa ser demitida por justa causa, onde espera-se que a mesma tenha cometido algum ato previsto na lei e que seja configurado como grave. Por exemplo, um ato de improbidade, que nada mais é que realizar algum furto de patrimônio da empresa, incontinência de conduta, que se traduz como os casos de assédio sexual, dentre outros. Ao ser concluído que essa foi a forma de demissão, o profissional perde grande parte de todos os benefícios os quais teria acesso, restando apenas receber o equivalente trabalhado até determinado dia do mês e as férias vencidas acrescidas de um terço sobre o valor total.

Para poder desmistificar esses direitos, é importante exemplificar, o quanto que uma determinada pessoa receberia caso fosse demitida por justa causa. Supondo que um funcionário receba R$1200,00 por mês, e ele foi pego roubando pertences da empresa, consequentemente foi instaurado o processo de demissão por justa causa ao mesmo, porém aquele dia tratava-se do 12º dia daquele mês, e esse funcionário já trabalhava na empresa por mais de 1 ano. Por sua vez seu ressarcimento total será de:

  • Salário referente aos dias trabalhados daquele mês: R$1200,00 / 30 = R$40,00 (é o valor de 1 dia de trabalho). Como o funcionário trabalhou por 12 dias, ele receberá: 12 x R$40,00 = R$480,00.
  • O funcionário já trabalha há mais de 1 ano, logo tem direito às férias, porém ainda não as tirou, terá um acréscimo no seu montante, sendo: o equivalente ao salário dos dias trabalhados mais um teço do mesmo. R$480,00 + R$160,00 = R$640,00

Portanto, é bom as pessoas terem consciência de seus atos, e também ficarem atentas quanto aos seus direitos, pois as pessoas demitidas por justa causa perdem uma série de benefícios, como: aviso prévio, férias proporcionais, 13º salário proporcional, indenização de 40% do FGTS, ao saque do mesmo e também o acesso ao seguro-desemprego (para os que se enquadram nas condições).

 

Programa da ONU Mulheres pode elevar o PIB Global combatendo a disparidade

Ganha Ganha é o nome de um programa para igualdade de gêneros no mercado de trabalho que pode significar quase 30% a mais no PIB dos próximos anos. Implantado pela ONU mulheres, o programa tem como foco o Brasil e outros países da América Latina e Caribe.

Homens e mulheres reconhecem que normalmente homens recebem mais em relação ao salário oferecido pelas empresas em um mesmo cargo. O último levantamento do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – mostrou que as mulheres recebem 1/4 a menos que os homens em relação aos salários. Elas também são minorias em cargos de direção no Brasil. Uma pesquisa realizada em 920 empresas, mostra que em média as mulheres ocupam uma em quatro posições de liderança, como presidência e diretoria.

Disparidades que afetam em muito a vida das pessoas e de muitas famílias. Se as mulheres desempenhassem o mesmo papel dos homens no mercado de trabalho, cerca de US$ 28 trilhões de dólares, poderiam ser somados ao PIB Global até 2025. Esse valor arrecadado corresponderia a 26% do PIB Global atualmente.

“O fato da mulher se sentir discriminada ou tratada diferente dentro de uma empresa, desincentiva até mesmo que ela busque se aperfeiçoar e que continue tentando e almejando cargos maiores. Nós observamos um desperdício de investimento que as mulheres fizeram em educação, pois na média, as mulheres estudam mais que os homens no Brasil, mas como elas não são consideradas pelo mercado de trabalho em comparação com os homens, isso se perde com a falta de oportunidades e igualdade”, diz a coor. mestrado de economia do Insper Regina Madalozzo.

Diante de um mercado trabalho ainda muito desigual para a economia do país, diversos projetos tentam mudar o quadro através do setor privado. Esse é o caso do programa Ganha Ganha, promovido pela ONUMulheres em seis países Latinos, entre eles está o Brasil. O objetivo do programa é fortalecer os benefícios da igualdade de gênero para os negócios, através de iniciativas que vão desde o ambiente de trabalho até a comunidade onde as empresas atuam.

O poder público pode ajudar em muito nesta transformação através de políticas públicas, como deixar licenças maternidades e de paternidades mais equivalentes e gerar incentivos para as empresas que promovem a igualdade de género. “Nós temos um problema educacional desde muito cedo. As meninas são tratadas de uma forma diferente do que os meninos e isso acaba gerando comportamentos, escolhas de carreira, opção de vida, que no final, acaba prejudicando as mulheres no mercado de trabalho. As notícias que colocam esse assunto cada vez mais em pauta pode reduzir o atual cenário de desigualdade nos próximos anos”, diz Madalozzo.

O PAPEL DA TECNOLOGIA E DA MÍDIA DIGITAL NA INOVAÇÃO E NO EMPREENDEDORISMO

Se um talento para os negócios e a inovação é instintivo ou algo que é refinado através da prática e da experiência, uma coisa que sempre ajudou a lubrificar as engrenagens da criatividade empreendedora é a tecnologia. “A tecnologia tem sido, ao longo da história, uma das principais fontes de descontinuidade – desconsiderando os atuais e substituindo-os por algo mais rápido, maior e melhor”, observa Fredrik.

Walter observa que o avanço tecnológico de hoje, como big data, IoT e aprendizado de máquina, está agora capacitando redes inteiras de empreendedores a desenvolver ideias interconectadas.

“A tecnologia nova é e sempre foi uma importante fonte de inovação para os empreendedores”, diz ele. “A característica distintiva da nova tecnologia é que ela permite a inovação aberta em ecossistemas de inovação. As lâmpadas Philips IoT são agora parte de uma plataforma que, além de dar luz, oferece oportunidades para outros criarem software que a controla ”.

E a influência dos canais digitais? “É difícil pensar em uma ideia de negócio sem qualquer presença digital hoje em dia”, diz Fredrik. “No entanto, uma estratégia digital deve sempre ser baseada na solução de um trabalho real para o cliente, e não apenas usado para o seu próprio bem.”

“Você pode construir um negócio empresarial perfeito sem a menor idéia sobre o digital”, argumenta Walter. “Então, novamente, muitas ideias digitais chegam ao mercado por meio de empreendedores fortes, e não porque são digitais”.

Qualquer que seja a parte que a tecnologia desempenha em uma empresa, nada pode substituir o conhecimento fundamental e o conjunto de habilidades que um empreendedor precisará para ter êxito. Estes podem ser inatos e precisam de afiação, ou algo novo que deve ser aprendido, mas de qualquer forma, o nosso MBA Online pode ajudá-lo a alcançá-los.

“O MBA Online prepara os empreendedores do futuro com a mentalidade essencial, as habilidades críticas e o conhecimento em ação necessário para levar à mudança com êxito em um mundo de ritmo cada vez maior”, explica Fredrik.

“As ferramentas e a mentalidade necessárias para liderar uma empresa inovadora, orientada para o crescimento e a renovação”, concorda Walter.

CNC calcula que saque do PIS/Pasep irá aquecer a economia do país

Os beneficiários do PIS/Pasep em todo o país poderão injetar R$ 35 bilhões na economia brasileira de acordo com uma pesquisa realizada pela CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Os dados sobre esta pesquisa foram divulgados no final do mês de agosto de 2018. As estimativas são de que desse valor esperado pelo benefício, R$ 10 bilhões serão injetados no comércio.

A expectativas lançadas pelo CNC, em meio às notícias sobre o impacto positivo esperado para a economia de vários setores são otimistas. Assim que for confirmado, o comércio poderá ser o setor mais beneficiado com o movimento desses valores. Neste caso, o CNC diz que o retrospecto positivo para o comércio seria até melhor do que o observado no saque das contas inativas do FGTS em 2017. Na época, foram injetados R$ 10 bilhões somente no varejo. Ao todo, as contas inativas injetou R$ 44 bilhões com os saques realizados.

“A expectativa gerada é a mais otimista possível, isso porque o comprometimento da renda mensal das famílias nos dias de hoje, está na faixa dos 17%. Esse número é melhor do que os observados em 2017, quando quase 20% da renda das famílias estava comprometida com o pagamento de dívidas, com as parcelas de bens, entre outros itens”, diz Fábio Bentes, chefe da divisão econômica da CNC.

Segundo Bentes, a liberação das contas inativas em 2017 teve maior impacto positivo para o item “vestuário”. Em seguida, “material de construção” teve um aquecimento devido aos saques. Existem estimativas de que o item “material de construção” também será beneficiado com o saque dos valores na liberação do abono salarial ainda este ano. O esperado é que os efeitos positivos já começam a ser sentidos durante o mês de setembro de 2018.

De acordo com o Ministério do Planejamento, a liberação desses recursos deverá fortalecer o PIB – Produto Interno Bruto – em 0,55 ponto percentual este ano. Esse é considerado um valor muito importante e expressivo diante de um cenário onde as expectativas de crescimento estão em 1,6%.