Month: December 2018

Como melhorar a atribuição de marketing

Esses desafios podem parecer difíceis, se não impossíveis de serem superados. E, de fato, eles são difíceis. Mas eles não são intransponíveis.

Então, vamos começar com o não: os métodos de atribuição herdados não são mais eficazes, pois não consideram as influências de canais cruzados e fora do silo.

Para melhorar sua atribuição de marketing no ambiente de hoje, você deve liberar os dados de seus clientes de seus silos bloqueados e procurar metodologias avançadas de atribuição de algoritmos para atribuição de marketing.

O algoritmo certo irá capturar, avaliar e avaliar (também conhecido como atributo ) seus dados com precisão, em todos os canais. E isso significa que você poderá aproveitar suas métricas para medir o impacto de seus esforços de marketing , desenvolver uma estratégia de envolvimento do cliente mais precisa e, por sua vez, planejar campanhas de marketing mais eficazes – todas destinadas ao canal certo, no momento certo. para o cliente certo.

Benefícios das notícias de Atribuição de Marketing: A atribuição de marketing pode ser complicada, mas, no final das contas, o objetivo é extremamente simples: determinar se você está gastando seu orçamento de marketing com eficiência e, portanto, otimizando a receita .

A modelagem avançada de atribuição faz conexões claras entre seus vários pontos de contato, permitindo que você direcione melhor a jornada do cliente. Por exemplo, um cliente que se depara com o seu site cego agirá de forma muito diferente do que um entusiasta da marca fiel, seguindo um link de um e-book gratuito. A atribuição avançada identificará as diferenças entre esses clientes e ajudará você a tomar decisões de marketing com base em cada jornada.

Práticas recomendadas para atribuição de marketing: Se você tem um método de atribuição de marketing estabelecido (embora desatualizado), ou se você acabou de ouvir o termo ontem e está começando do zero, a boa notícia é que você provavelmente já tem pelo menos um pouco do que precisa para começar com marketing atribuição.

O segredo é – não reinvente a roda . Existem profissionais de marketing que já entenderam a atribuição e explicam isso claramente. E há plataformas de dados disponíveis que já empregam algoritmos avançados de atribuição e as aplicam de forma eficaz. Comece por aí. Em seguida, siga estas práticas recomendadas de atribuição de marketing para aproveitar ao máximo seus esforços.

Séries de época bacanas para você

Para algumas pessoas as notícias do dia-a-dia são tão importantes quanto os fatos históricos que levaram a tal ação. E para as pessoas que amam conhecer mais da história mundial ou nacional, mas não gostam tanto de ler e pesquisar nos livros; ou apenas desejam ter uma outra forma de adquirir conhecimento existem as séries, que tem conquistado um mercado e um público cada vez maior, graças a certos serviços de streamming, como, por exemplo, o Netflix.

Por isso, hoje indicaremos para você séries que envolvem temas histórias, e ainda contém todos aqueles elementos que fazem com que nos apaixonemos por certos seriados.

Para aqueles que amam fazer uma viagem no tempo através de séries de épocas, uma ótima pedida é ‘Vikings’. A série criada por Michael Hirst tem como ponto central o viking Ragnar Lothbrok, e tem temas que perpassam por Corsários, guerreiros vikings, comerciantes e exploradores dos mares são retratados ao longo das cinco temporadas já feitas, das quais quatro já estão disponíveis na Netflix. Esta série e perfeita para as pessoas que gostam muito de batalhas e lutas até a morte.

Já a série criada por Ronald D. Moore, Outlander, tem no elenco nomes como Caitriona Balfe, Sam Heughan, Duncan Lacroix, e conta a história de ‘Claire’ que viaja no tempo não uma, mas duas vezes. O interessante desta série é analisar os costumes e o que é considerado ‘certo’ e ‘errado’ em cada época, inclusive, considerado ‘certo’ e ‘errado’ em cada época, inclusive, a personagem central levanta estes questionamentos, pensando em como as coisas não se modificaram, em um longo período de tempo.

Uma outra história perfeita para as pessoas que gostam de filmes de ação e de lutas é ‘Spartacus’. A série retrata a história de um homem feito de escravo romano e que anos depois, lidera uma revolução.

‘Reign’ é uma produção que tem conquistado fãs em inúmeros países, justamente por ter uma ‘cara de novela teen medieval’. A série conta a história de Mary Stuart, a verdadeira ( e real) rainha da Escócia, que desde o seu casamento com francês até o momento de assumir o seu trono. Em alguns momentos a série se torna ficcional, porém, a grande maioria dos fatos com maior relevância são fiéis a realidade.

Outras opções de séries são: Frontier; The Last Kingdom; The Alienist; Marco Polo; The Crown e Peaky Blinders.

Carlos Alberto de Oliveira Andrade conquista prêmio de Executivo do Ano

Nesta 52ª edição da premiação Carro do Ano, organizada pela revista Autoesporte, quem levou o prêmio de Executivo do Ano 2019 foi Carlos Alberto de Oliveira Andrade, vitória esta que serviu como um importante reconhecimento de sua trajetória empreendedora.

O empresário, também chamado de Dr. Carlos devido à sua formação acadêmica em medicina, iniciou sua história no mercado de automóveis em 1979 através da aquisição de uma concessionária falida que não entregou seu Ford Landau comprado na época. Com seis anos de atuação no setor de automóveis, a CAOA, acrônimo de Carlos Alberto de Oliveira Andrade, passou a ser a maior representante em vendas da Ford no país. Alguns anos após este feito, a revendedora tornou-se a importadora oficial da Renault. Depois de mais um período passou a trabalhar com a marca Hyundai aqui no Brasil, quando, no ano de 2007, o paraibano decidiu investir na criação da primeira fábrica da Hyundai em território brasileiro, o que lhe rendeu, em 2012, o título de “Distribuidor do Ano” ao disputar na categoria com 179 distribuidores mundiais da marca.

Em 2017, a CAOA uniu forças com a chinesa Chery em um acordo de cooperação com uma fábrica instalada no Brasil para criar uma nova montadora de veículos totalmente nacional e iniciar um intenso plano de lançamentos e consequente expansão da nova marca. Porém, muito antes desta união entre a altíssima tecnologia chinesa e o destacado comércio brasileiro de Carlos Alberto de Oliveira Andrade, em 2009, a Chery instalou em Jacareí-SP uma montadora para realizar parte de seu projeto de distribuição internacional.

Diferente do tempo em que a chinesa tinha um número reduzido de vendas com o QQ e o Celer, atualmente, a empresa conta com o seu considerado “best-seller” Tiggo 2, e confirma novas adições para a linha Tiggo.

Como uma representação de modernidade no estilo, mecânica (com a novidade do motor 1.5 turbo) e acessórios, a CAOA Chery investiu no lançamento e abertura de vendas do Tiggo 5x e o sedan Arrizo 5 a serem produzidos no Brasil. Outros lançamentos confirmados no país são o Tiggo 7 e o Tiggo 8 cujo um dos principais diferenciais de mercado é o fato dele ser o primeiro SUV da marca a acomodar sete passageiros. A apresentação simultânea de dois dos principais modelos mais vendidos caracteriza a atitude visionária e audaciosa da parceira firmada pela Chery e a empresa de Carlos Alberto de Oliveira Andrade.

De acordo com os registros, 2011 foi o ano em que a CAOA vendeu mais unidades como importadora, mais de 89 mil veículos. Ainda em 2011, foram 38.635 caminhões e carros fabricados e vendidos. Quanto a sua totalidade na indústria, o ponto mais alto da produção ocorreu em 2013 quando alcançou o número 3.738.448 de unidades.

Já faz alguns anos que Carlos Alberto de Oliveira Andrade não atua mais como dirigente direto da CAOA. Atualmente, o empreendedor brasileiro segue exercendo a função de Presidente do Conselho de Administração da empresa, sempre se mantendo ligado aos principais assuntos dos negócios.

Quais são os alimentos bons para os olhos?

Uma alimentação balanceada é imprescindível para uma boa saúde e o bom funcionamento do corpo, porém, existem pessoas que desconhecem os benefícios dos alimentos para a saúde de regiões específicas, como, por exemplo, os olhos.

Conforme vamos envelhecendo, a regeneração das células começa a se tornar mais lenta e difícil, e por isso, com a idade mais avançada começamos a adquirir problemas oculares.

Mesmo com esse “destino” natural, é possível retardar a deterioração da visão e também riscos através de uma boa alimentação, rica em nutrientes como as vitaminas antioxidantes, que estão presentes na vitamina A, C e E. Estas vitaminas mantêm as células oculares saudáveis, retardando a progressão da DMRI. A vitamina C também é conhecida por retardar a catarata.

Estudos recentes têm demonstrado que carotenoides, como a Luteína e a Zeaxartina são benéficos para a saúde ocular, além de retardar doenças crônicas.

O famoso Ômega-3 é essencial para a saúde dos olhos, tanto que a falta dele pode afetar o desenvolvimento da visão em crianças e bebês, por exemplo. Outra enfermidade que também é relacionada a deficiência do Ômega-3 é a síndrome do Olho Seco, que afeta a produção de lágrimas.

Minerais como o Zinco e o Cobre auxiliam na absorção de nutrientes e vitaminas, o que é benéfico para o corpo de uma maneira geral. Mas a combinação de antioxidantes como o Zinco e Cobre potencializam o retardo da DMRI, porém a ingestão nesses casos deve ser acompanhada por um médico, de preferência.

Alimentos como os vegetais de folhas verdes são excelentes para os olhos,já que são ricos em Luteína, além de antioxidantes. A Salsa fresca, o Espinafre e a Couve são ricos em Luteína.

A diversidade de alimentos é o que faz com uma pessoa tenha uma boa alimentação, por isso, coma um pouco de tudo, para absorver o máximo de nutrientes possíveis.

Peixes como o salmão, o atum e a cavala são ricos em ômega-3, por isso são extremamente benéficos. Além do peixe, o ovo também é uma fonte riquíssima em Luteína e Zeaxantina.

O Zinco, encontrado nas ostras, no pão, no leite e em seus derivados, também deve ser consumido com regularidade para que a saúde ocular seja mantida e você tenha, de uma maneira geral, uma saúde equilibrada.

Quais são os alimentos bons para os olhos?

Uma alimentação balanceada é imprescindível para uma boa saúde e o bom funcionamento do corpo, porém, existem pessoas que desconhecem os benefícios dos alimentos para a saúde de regiões específicas, como, por exemplo, os olhos.

Conforme vamos envelhecendo, a regeneração das células começa a se tornar mais lenta e difícil, e por isso, com a idade mais avançada começamos a adquirir problemas oculares.

Mesmo com esse “destino” natural, é possível retardar a deterioração da visão e também riscos através de uma boa alimentação, rica em nutrientes como as vitaminas antioxidantes, que estão presentes na vitamina A, C e E. Estas vitaminas mantêm as células oculares saudáveis, retardando a progressão da DMRI. A vitamina C também é conhecida por retardar a catarata.

Estudos recentes têm demonstrado que carotenoides, como a Luteína e a Zeaxartina são benéficos para a saúde ocular, além de retardar doenças crônicas.

O famoso Ômega-3 é essencial para a saúde dos olhos, tanto que a falta dele pode afetar o desenvolvimento da visão em crianças e bebês, por exemplo. Outra enfermidade que também é relacionada a deficiência do Ômega-3 é a síndrome do Olho Seco, que afeta a produção de lágrimas.

Minerais como o Zinco e o Cobre auxiliam na absorção de nutrientes e vitaminas, o que é benéfico para o corpo de uma maneira geral. Mas a combinação de antioxidantes como o Zinco e Cobre potencializam o retardo da DMRI, porém a ingestão nesses casos deve ser acompanhada por um médico, de preferência.

Alimentos como os vegetais de folhas verdes são excelentes para os olhos,já que são ricos em Luteína, além de antioxidantes. A Salsa fresca, o Espinafre e a Couve são ricos em Luteína.

A diversidade de alimentos é o que faz com uma pessoa tenha uma boa alimentação, por isso, coma um pouco de tudo, para absorver o máximo de nutrientes possíveis.

Peixes como o salmão, o atum e a cavala são ricos em ômega-3, por isso são extremamente benéficos. Além do peixe, o ovo também é uma fonte riquíssima em Luteína e Zeaxantina.

O Zinco, encontrado nas ostras, no pão, no leite e em seus derivados, também deve ser consumido com regularidade para que a saúde ocular seja mantida e você tenha, de uma maneira geral, uma saúde equilibrada.

Os perigos ao substituir o açúcar pelo adoçante em sua dieta

Em 2017, o Brasil atendeu alguns pedidos da Organização Mundial da Saúde – OMS – como, por exemplo, diminuir o consumo de bebidas à base de açúcar, além de restringir ingredientes doces em alimentos industrializados. Segundo pesquisas realizadas nos últimos anos, o brasileiro possui uma grande afeição pelo açúcar, não conseguindo respeitar a dose recomendada pela OMS, que é de 10% referente a uma dieta calórica diária. Ou seja, numa dieta de 2 mil calorias, o apropriado seria ingerir até 50 gramas do item, sem contemplar seu valor natural já presente nos alimentos.

E é aí que entra o perigo. Os adoçantes prometem oferecer o sabor adocicado sem conter valor calórico, estando em alta no mercado. Estudos apontam que o consumo desses produtos aumentou bastante entre crianças (200%), ficando bem acima se comparado aos adultos (54%) nos EUA. Atualmente, cerca de 25% das crianças e 41% dos adultos americanos utilizam o produto com regularidade. Com relação ao Brasil, acredita-se que o caminho é o mesmo.

A nutricionista e professora Ana Paula Gines Geraldo, da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC – realizou um trabalho no Núcleo de Pesquisa e concluiu que de 4.539 alimentos vendidos em um mercado na cidade de Florianópolis, 13% dispõe de alguma espécie de edulcorante, sendo que 90% desses itens ainda levavam açúcar em sua composição. Questiona-se então, haja vista o massivo crescimento do consumo, se é uma alternativa segura para a saúde.

Dessa forma, no ano de 2017, a Associação Médica Canadense divulgou uma revisão contendo 37 estudos que identificaram uma possível relação entre adoçantes e um aumento do IMC. Para a bioquímica Meghan Azad, o consumo de adoçante traz ao indivíduo a sensação do gosto doce, porém não há o verdadeiro açúcar a ser processado pelo corpo. Com isso, há evidência em animais e humanos de que isso pode favorecer o metabolismo a ganhar de peso. No entanto, ressalta a bioquímica que isto é apenas teoria, não tem nada comprovado sobre isso até o momento.

Para saber mais notícias sobre o perigo dos adoçantes para a sua dieta, clique aqui e confira uma matéria acerca do assunto.

O que é uma economia de comando?

A maior parte da atividade econômica nos países ao redor do mundo existe em um espectro que varia de mercado livre pura a uma de comando extrema. A economia de comando é um tipo de sistema em que o governo desempenha o papel principal no planejamento e na regulação de bens e serviços a serem produzidos pelo país. A autoridade estatal determina o tipo de bens e serviços a serem produzidos e fornecidos, bem como a quantidade e o preço que serão oferecidos no mercado.

As economias de comando modernas podem ser identificadas pelas seguintes características:

Os planos econômicos são criados centralmente pelo governo para a maioria, senão todos, os setores e regiões.

O governo distribui o capital, a mão-de-obra e os recursos naturais do país nos meios mais eficientes, muitas vezes mais rápidos e em maior escala.

Produção e preços são ditados pelo governo.

Os negócios nas indústrias de finanças, serviços públicos e automotivos são de propriedade e monopolizados pelas autoridades estaduais.

Políticas governamentais são criadas para executar o plano econômico centralizado.

Esse tipo de sistema econômico é uma característica fundamental nos países comunistas ou socialistas, como a Coréia do Norte moderna.

Vantagens de uma economia de comando:Se feito corretamente e com os recursos adequados, um sistema de comando oferece os seguintes benefícios:

A sociedade favorece o bem-estar social e a equidade, em vez de lucrar

Impede monopólios de empresas privadas em indústrias cruciais identificadas, como saúde e energia; Redução do desemprego; Garante acesso a necessidades básicas.

Desvantagens de uma economia de comando: Por outro lado, mesmo quando feito “adequadamente”, uma economia de comando pura tem suas quedas.

Gluts e escassez de mercadorias são resultados comuns, como preço e quantidade são definidos. O equilíbrio natural é mais difícil de alcançar quando o preço e a quantidade não estão flutuando.

Preços ineficientes de mercadorias em relação à quantidade e demanda;

Nenhuma resposta ou atenção às preferências do consumidor;

Limita as liberdades e os direitos pessoais para buscar a estabilidade financeira em favor da igualdade social;

Altamente burocrático; todo o planejamento e execução realizados pelo governo;

não ser capaz de conhecer e responder às preferências do consumidor;

Isto está em nítido contraste com o funcionamento de uma economia de mercado .

Empreendedorismo

O empreendedor sempre procura por notícias e mudanças, responde a elas e explora isso como uma oportunidade. Empreendedores frequentemente correm riscos tentando coisas que a pessoa comum não faz, para fazer coisas que a pessoa média não pode.

Eles não conseguem um emprego: muitos tropeçam em empreendedorismo quando não conseguem um emprego. Ser demitido, falta de experiência ou antecedentes criminais pode impedir que uma pessoa comum consiga um emprego quando está desesperada. Em vez de serem derrotados por sua situação, eles criam novas oportunidades para si mesmos. Um novo graduado pode começar uma loja online no verão após a formatura para construir seu currículo. Um pai que é sazonalmente demitido a cada inverno pode começar um negócio para garantir que eles possam continuar alimentando sua família, mantendo um teto sobre suas cabeças.

Eles não se encaixam no ambiente corporativo: os empreendedores não costumam prosperar em ambientes corporativos. Muitas vezes é muito restritivo para o seu crescimento. Eles podem não gostar da falta de controle que eles têm em seu papel ou na política do escritório. Em geral, você pode identificar um empreendedor em um ambiente corporativo, já que ele geralmente está tentando obter mais controle sobre seu papel e aprendendo sobre as responsabilidades de seus colegas de trabalho para entender melhor como tudo se encaixa.

Eles são curiosos: os empreendedores adoram descobrir a resposta para a pergunta “o que acontecerá se…” Eles são experimentais. Os empreendedores adoram aprender. Eles lêem regularmente livros de negócios para avançar seus conhecimentos. Então, naturalmente, o empreendedorismo lhes atrai porque fazer isso permite que eles aprendam mais no menor tempo possível. Sua curiosidade permite seu crescimento contínuo.

Eles são ambiciosos: aqueles que amam alcançar metas e marcos difíceis são feitos para serem empreendedores. Não há limite para quanto um empreendedor pode fazer e, assim, eles podem sempre trabalhar para atingir níveis mais altos de grandeza. Como não há limite para o que eles podem alcançar, os empreendedores constantemente se vêem crescendo e alcançando mais do que imaginavam. Quando os obstáculos são apresentados na frente deles, eles encontram a solução para seu objetivo. Os empresários são imparáveis.

Santander, pela terceira vez, emite LIG, desta vez em R$153 mi

Não faz muito tempo desde que O Santander Brasil, um dos mais célebres bancos privados do nosso país, veio a público, numa sexta-feira, mais precisamente no dia 30 de novembro deste ano (2018), anunciar ter então realizado uma emissão de nada mais nada menos que incríveis 153 milhões de reais, e isso em Letras Imobiliárias Garantidas, também conhecidas pela sigla “LIG”. E segundo a própria instituição bancária, através de um comunicado que o referido banco liberou à imprensa, tais operações possuiriam um prazo bem específico, ao todo e sem nenhuma liquidez, de três anos fechados.

Aos que são leitores frequentes das notícias que tratam de Economia e assuntos correlacionados, provavelmente não lhes faltará à memória que, exatamente uma semana antes do fato reportado desta vez, o mesmo banco privado já havia sido igualmente tema de matéria jornalística do mesmo tipo desta aqui, mas por conta de outras duas Letras Imobiliárias Garantidas, emitidas à época. Ambas emitidas, vale que nós pontuemos isso, no montante conjunto que totalizava 24 milhões de reais. Uma emissão que foi, a saber, a primeira do instrumento, em todo o nosso imenso país.

E por que foi essa a primeira vez, em nossa nação, que se emitiu uma Letra Imobiliária Garantida? Talvez alguns de vocês perguntem-se a esse respeito. Pois bem, tratemos de explicar a questão intrigante, ainda que de forma bem resumida: Trata-se ainda de uma novidade, apesar dela ser isenta de cobrança de Imposto de Renda tanto para os investidores estrangeiros quanto para as pessoas físicas, simplesmente porque a regulamentação da emissão de Letras Imobiliárias Garantidas só ocorreu no final do ano passado, 2017. Regulamentação essa que dependeu, é bom lembrar, do Conselho Monetário Nacional, também conhecido pela sigla “CMN”. Quanto à razão para que fossem criadas essas Letras Imobiliárias Garantidas, ou simplesmente “LIGs”, essa se explica frente à necessidade de uma ampliação das fontes de mercado para que fosse então mais fácil realizar-se o financiamento de compras de imóveis.

Estudo mostra que a falta de representativida ainda é um problema em Hollywood

Ao falar em Hollywood, é impossível não pensar nas grandes atrizes que trabalham nessa indústria. São várias as figuras que se tornaram verdadeiros ícones do cinema mundial, consagradas e reconhecidas internacionalmente. Contudo, segundo notícias divulgadas após um estudo desenvolvido pela Universidade do Sul da Califórnia, a indústria cinematográfica norte-americana ainda apresenta muitos problemas na inclusão de minorias em seus filmes, como a inclusão de mulheres.

Nesse estudo, foram analisados os mil filmes mais lucrativos do cinema entre os anos de 2007 e 2017. Como resultado, os pesquisadores concluíram que os homens representaram mais do que o dobro dos papéis de destaque nesses longa-metragens, quando comparados as mulheres. Além disso, o número de mulheres atuando nesses filmes diminuiu no decorrer do período analisado.

Traduzindo essas informações em porcentagens, as mulheres tiveram cerca de 30,6% dos personagens com ao menos uma fala entre os filmes analisados. Já em relação as outras minorias, os não-caucasianos representaram 29,3% dos papéis com falas, ao tempo em que pessoas com deficiência e o grupo LGBT tiveram 2,5% e cerca de 1% de representação, respectivamente.

No ano de 2017, entre os filmes mais lucrativos, 94 deles não tiverem qualquer representação LGBT, e nenhum filme teve um personagem transgênero, sendo preciso retornar ao ano de 2014 para encontrar uma representatividade desse grupo. Ainda em 2017, 43 entre os filmes de maior bilheteria não tinham personagens negros e 65 não possuíam nenhum papel representado por asiáticos.

No que diz respeito as mulheres, nesse ano de 2017, somente 33 dos 100 filmes de maior bilheteria possuíam protagonistas femininas, e todas elas de etnia caucasiana. Outra questão problemática é o fato das personagens femininas serem extremamente sexualizadas nas telas do cinema. No geral, as mulheres possuem chances muito mais elevadas de aparecerem nuas ou com roupas sensuais do que os homens nos filmes analisados.

Para completar, os problemas de inclusão também se estendem para detrás das câmeras. Entre os mais de 1200 diretores envolvidos na produção desses filmes, somente 4,3% eram mulheres, 3% eram asiáticos e 5,2% eram negros, o que significa que a grande maioria ainda são de homens caucasianos.